Você está aqui: Página Inicial > Contents > Notícias > Alunos e servidores com deficiência da UFPB contam com apoio do CIA
conteúdo

Notícias

Alunos e servidores com deficiência da UFPB contam com apoio do CIA

Comitê funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, no prédio da Reitoria
publicado: 25/03/2021 09h17, última modificação: 14/06/2021 12h07

O Comitê de Inclusão e Acessibilidade (CIA) é um órgão da Universidade Federal da Paraíba que visa a dar apoio aos alunos com deficiência e com outras necessidades educacionais especiais. Também compete ao CIA atender aos servidores com deficiência da UFPB e dar suporte aos setores que prestam serviços aos alunos. O comitê está localizado na Reitoria, funcionando de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

O CIA é presidido por um coordenador e um vice-coordenador, eleitos entre os membros do comitê, sendo o colegiado constituído por 22 representações, de acordo com o Art. 2º da Resolução Consuni nº 34/2013, que são indicados conforme orientações constantes nos parágrafos 1º ao 9º do referido artigo.

O Comitê de Inclusão e Acessibilidade surgiu após várias reuniões com os setores que dão apoio às pessoas com deficiência da Universidade. Em 2003, foi criado o Comporta Especial, porém, não foi muito atuante. Em 2010, com o comprometimento do então pró-reitor da Pró-Reitoria de Assistência e Promoção ao Estudante (Prape), Severino Ramos de Lima, dos órgãos de apoio aos estudantes com deficiência, além do Laboratório de Acessibilidade, e com a chegada da professora Andreza Aparecida Polia, começou a ser trabalhada a criação de um comitê de apoio aos alunos com deficiência. Foram realizadas várias reuniões. Em 2013, foi finalmente oficializada a sua criação com a Resolução Consuni UFPB, n° 34 de 26/11/2013.

Desde então, o Comitê passou a fazer levantamento dos alunos com deficiência dentro da instituição, como também das suas necessidades de equipamentos ou de apoio em seus respectivos cursos. Com isso, a procura foi aumentando, e assim o CIA foi cada vez mais se fortalecendo e contribuindo com o aprendizado dessas pessoas, através do programa Aluno Apoiador, que visa dar apoio em sala de aula, preferencialmente por um aluno do mesmo curso do estudante com deficiência.

Também é ofertado suporte material, como notebooks e gravadores, além de fornecer equipamentos voltados à adaptação de materiais aos setores parceiros, como por exemplo, ao Setor de Inclusão de Usuários com Deficiência da Biblioteca Central (SIUD/BC) e ao Núcleo de Educação Especial do Centro de Educação (Nedesp/CE). Os dois representantes da BC no Comitê de Inclusão e Acessibilidade são o chefe do SIUD, Josenildo Costa (foto ao lado), e o jornalista Costa Filho. 

Em 2016, o CIA teve seu regimento aprovado, através da Resolução Consuni nº 9/2016, no qual foram criados quatro grupos de trabalho (GTs): GT de Acessibilidade pedagógica, GT de Acessibilidade Arquitetônica, GT de Acessibilidade Comunicacional e o GT de Acessibilidade Atitudinal. A função de cada GT está descrita no Anexo I da Resolução supracitada. A presidência do CIA faz a indicação do coordenador de cada GT (servidor efetivo da UFPB) e os demais membros podem ser estudantes, docentes e técnico-administrativos.

O GT de Acessibilidade Pedagógica contribui para o processo ensino-aprendizagem através de ações envolvendo os docentes e técnico-administrativos relativas às atividades de natureza acadêmica. O GT de Acessibilidade Atitudinal contribui para a sensibilização da comunidade universitária quanto às pessoas com deficiência. Ao GT de Acessibilidade Comunicacional compete a divulgação das ações do CIA e seus GTs, além de auxiliar para tornar os sistemas de informação e comunicação da UFPB. Já o GT da Acessibilidade Arquitetônica é responsável por analisar as condições físicas de acessibilidade e desenvolver pesquisas e projetos para a solução desses problemas.

O CIA conta com website vinculado ao da UFPB, onde são divulgadas informações sobre o funcionamento do Comitê, GTs, cursos de formação e eventos (https://www.ufpb.br/cia).

Foto: Rafaella Meira Prado